Informa Araguaia - Seu Portal de Notícia Regional

MENU
Logo
Publicidade
Publicidade

Política

Deputado Claudinei cobra reajustes nos valores da Tabela SUS ao governo de MT

O parlamentar requereu informações ao governo estadual sobre as correções nos valores a serem repassados à Santa Casa de Rondonópolis

Publicidade
Publicidade
Imagem de capa
A-
A+
Use este espaço apenas para a comunicação de erros nesta postagem
Máximo 600 caracteres.
enviando

Preocupado com a situação financeira da Santa Casa de Misericórdia e Maternidade de Rondonópolis, o deputado estadual Delegado Claudinei (PSL) solicitou por meio de requerimento de n.º 292/2021 à Secretaria de Estado de Saúde de Mato Grosso (SES), em sessão plenária da Assembleia Legislativa, nesta quarta-feira (16), informações sobre as correções nos valores da Tabela SUS (Sistema Único de Saúde) a serem repassados à  instituição filantrópica. 

Segundo o parlamentar, em março deste ano, essa pauta foi debatida juntamente com o governador de Mato Grosso, Mauro Mendes (DEM), secretário de Saúde, Gilberto Figueiredo, entre outros representantes do Poder Executivo, como, também, deputados estaduais e a diretoria do hospital. “Voltamos novamente a discutir sobre a necessidade das correções nos valores defasados dos serviços prestados na Tabela SUS, desatualizado desde 2015, para a Santa Casa. Se não resolver essa situação, essa instituição não vai conseguir manter o equilíbrio financeiro, podendo interferir no atendimento à população”, ressalva.

Claudinei acrescenta que neste encontro, a diretoria da Santa Casa apresentou um relatório inicial e depois encaminhou outros documentos para a devida solução quanto à reivindicação. “Nós tivemos essa reunião, no Palácio Paiaguás. Nós temos a inflação, com o aumento nos valores dos insumos e medicamentos. Tanto que tem alguns remédios que já aumentaram em mais de 600%. A Santa Casa tem um custo mensal de R$ 7 milhões a 7,5 milhões trabalhando com déficit mensal de 900 mil a 1 milhão, além do prejuízo que teve com a redução do Feef (Fundo Estadual de Equilíbrio Fiscal)”, frisa.

Durante a sua explanação no parlamento, o deputado pediu apoio aos colegas parlamentares para que a Assembleia Legislativa faça o governador entender que é preciso reajustar os valores com urgência. “O governador tem que ter bom senso e corrigir estes valores, pois não são atualizados há mais de seis anos. A população que não tem conhecimento disso, principalmente de Rondonópolis, acha que a Santa Casa é um buraco sem fundo, não tem recursos que dê jeito nesta instituição, mesmo vindo recursos federais e estaduais, sempre devendo e com dívidas. Mas, é claro! Já faz muito tempo que é esperado este reajuste. Este é mais um apelo que fazemos ao governador e secretário de saúde”, conclui Claudinei.

Entidade – A Santa Casa Rondonópolis é referência por atender 19 municípios das regiões sul e sudeste de Mato Grosso. A entidade filantrópica foi fundada em 1971 e, atualmente, oferece serviços de atendimento adulto e infantil, realiza diversos tipos de cirurgias e serviços de diagnóstico (raio-x, tomografia e ultrassonografia).

Fonte/Créditos: Samantha dos Anjos – Assessoria de Imprensa

Créditos (Imagem de capa): Reprodução

Publicidade
Publicidade

Comentários:

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade